julho 13, 2024
13/07/2024

Sargento morto na Maré será enterrado na tarde desta quarta-feira (12/06)

Telegram
Facebook
WhatsApp
Twitter

Sargento do Bope Jorge Galdino Cruz _ Foto: Divulgação/@pmerj

 

O policial militar Jorge Galdino Cruz, sargento do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope), será sepultado nesta quarta-feira (12/06) no Cemitério Jardim da Saudade, em Sulacap, Zona Oeste. Ele foi morto durante uma operação no Complexo da Maré, na terça-feira (11/06).

 

O velório terá início às 13h30, seguido do sepultamento às 15h30. De acordo com informações da PM, o sargento foi alvejado enquanto sua equipe buscava esconderijos de líderes de facções, vindo a óbito logo após ser levado ao Hospital Federal de Bonsucesso. Cruz, com 32 anos de idade e ingresso na PM em 2011, deixa esposa e três filhos.

 

Outro policial, Rafael Wolfgramm, também foi atingido no mesmo incidente e, conforme declarações da corporação, passou por cirurgia e está em condição estável.

 

A operação do Bope nas comunidades do Complexo da Maré, iniciada na terça-feira (11) às 6h, tinha como alvo uma quadrilha especializada em roubo de veículos, visando prender criminosos escondidos na área. Até o momento, a ação resultou na prisão de 24 suspeitos e na morte de quatro homens, continuando pelo segundo dia nesta quarta-feira (12).

 

Durante o desdobramento da operação, um morador local, identificado como Revalci Rosa Agues, de 75 anos, foi ferido e está hospitalizado com quadro estável no Hospital Estadual Getúlio Vargas, na Zona Norte.

 

A PM relata a apreensão de 11 fuzis, uma metralhadora antiaérea, cinco pistolas, uma espingarda calibre 12, seis veículos roubados, duas motocicletas e drogas. O material foi encaminhado à 21ª DP (Bonsucesso), enquanto os veículos recuperados foram destinados ao pátio do 22° BPM (Maré). A região é reconhecida como um importante destino de carros roubados, de acordo com investigações.

 

Além disso, um esconderijo utilizado por traficantes do Terceiro Comando Puro (TCP) foi descoberto. Entre os 24 detidos, sete são provenientes de Minas Gerais, sendo que cinco estavam foragidos da justiça.

 

Um áudio, supostamente gravado durante o confronto entre os PMs e traficantes do Terceiro Comando Puro (TCP), viralizou nas redes sociais, evidenciando a tensão do momento. As autoridades continuam enfrentando desafios em garantir a segurança da comunidade diante do domínio do TCP no Complexo da Maré.

Vinkmag ad
Telegram
Facebook
WhatsApp
Twitter